Orquidofilia e Orquidologia

Qual a diferença entre orqudófilo e orquidólogo?

Orquidologia significa o estudo das orquídeas. É comum as pessoas confundirem com orquidofilia. Mas afinal tem diferença?
Sim orquidologia e orquidofilia são termos, que podem ser relacionados, mas tem significados diferentes. Orquidólogo (a) é o (a) cientista que estuda a biologia de orquídeas. Para isso executa experimentos laboratoriais ou em campo baseados na metodologia científica com todos rigores que são exigidos. Estes estudos são fundamentado no conhecimento técnico através de informações contidas em livros e artigos publicados em revistas científicas. Dessa forma, orquidólogos fundamentam seus trabalhos em outros trabalhos já aceitos pela comunidade científica para testar um nova hipótese, ou até contrapor uma hipótese já estabelecida. Sempre agregando um novo fato ajudando a construir o conhecimento acerca das orquídeas. Na verdade esta é uma visão geral que pode ser extrapolada para entender a ciência como um todo. Estes trabalhos científicos são realizados por pessoas com formação acadêmica. Na área dos estudos com orquídeas estes pesquisadores são pessoas com formação em áreas relacionadas com estudos das plantas como Biologia, Ecologia, Agronomia e Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal,  Bioquímica entre outras.

E o que é a orquidofilia? Hoje é comum chamarem de orquidófilos pessoas que tem um grande número de orquídeas. A epistemologia (significado) da palavra orquidofilia significa afinidade por orquídeas. Assim, uma pessoa que goste e cultive orquídeas, independente do número de plantas, pode ser um orquidófilo. Sem a obrigatoriedade de estuda-las. Entretanto, o fato de não desenvolverem trabalhos científicos, não quer dizer que os orquidófilos não estudem sobre orquídeas. É fato que muitos orquidófilos tem um vasto conhecimento na área dos estudos das orquídeas. São pessoas que acompanham e fazem corriqueiramente leituras de livros e artigos. Com isso, adquirem o conhecimento pautado na ciência. A única diferença é que eles não desenvolvem projetos de pesquisa com orquídeas. Além disso, a experiência de cultivo deve ser levada em consideração. Anos e anos de dedicação ensina o que pode dar certo e o que pode dar errado

Em termos gerais, estas são as diferenças básicas entre orquidologia e orquidofilia.