Dicas de Cultivo

Meu Cymbidium não floresce e agora?

O gênero Cymbidium é um gênero de origem asiática de grande importância econômica. Entretanto, o número de pessoas que relatam não conseguir cultivar o Cymbidum é bastante alto. As dificuldades dos começam quando tentam manter a planta viva. Muitos perdem suas plantas por utilizar as técnicas de cultivo inadequadas. Outros, até conseguem manter a planta viva, mas elas florescerem. Mas afinal o que acontece? Este post tem enfoque nos híbridos, pois são os mais comercializados atualmente.

O grande vilão do cultivo de orquídeas é a falta de conhecimento da planta que se deseja cultivar. Primeiro de tudo é importante fornecer as condições necessárias para crescimento. Pois, se a planta não se desenvolve em sua plena forma, não vai ter estrutura e energia suficiente para sustentar a floração. O primeiro ponto a se considerar é a quantidade de luz oferecida. Plantas em condições de luz inadequada não floresce devido ao crescimento prejudicado. Assim, a luminosidade média ideal para o Cymbidium é 1350 µmol/s-1/m-2, ou seja, caso utilize tela de sombreamento, não poderá ultrapassar 30% de sombra.

Além da iluminação, a temperatura também tem forte influência sobre o crescimento e desenvolvimento do Cymbidium. Para que a planta cresça e se desenvolva é necessário a variação de temperatura entre verão e inverno. A temperatura de cultivo durante o inverno deve estar entre 10 °C e 15 °C graus para que a planta se desenvolva com vigor. Temperaturas de inverno abaixo de 5 °C e acima de 20°C causam déficit de crescimento. Já no verão as temperaturas devem estar entre 25 °C e 30 °C. Plantas que não crescem o suficiente também não florescem.

A indução floral ocorre durante o inverno. Isso porque para que haja a floração, é necessário que a planta seja submetida ao processo denominado vernalização, ou seja, exposição ao frio. Caso contrário não ocorrerá a indução floral. Para que ocorra indução floral de forma efetiva é necessário que o Cymbidium seja submetido a temperatura entre 9,8 °C e 16,3 °C. Após a indução, acontece o desenvolvimento da haste floral. Durante o início do crescimento da haste floral é necessário que a temperatura fique entre 20°C e 30°C.

Para ajudar a sua planta florescer com mais vigor, forneça nutrientes minerais de forma adequada.

 

Referência
ICHIHASHI, S. Orchid production and research in Japan. In: Arditti, J., Pridgeon, A.M. (Eds.). Orchid Biology: Reviews and Perspective, VII. Dordrecht, Springer Netherlands, 1997. Cap. 5 pp. 171-212.